O Exame Nacional Unificado da Ordem dos Advogados do Brasil se constitui em uma avaliação à qual – obrigatoriamente - se submetem os bacharéis em Direito que desejam exercer a Advocacia no Brasil. O exame da OAB, como é conhecido, é organizado pela própria Ordem dos Advogados do Brasil. O exame é composto de duas etapas (fases). Somente os candidatos aprovados na 1ª fase (objetiva) se habilitam a participar da 2ª fase, onde é realizada uma prova prático-profissional, que contém uma peça profissional e quatro questões.