Marketing Pessoal e Profissional

juracy.soares@uni...
Publicado em: qui, 25/06/2020 - 09:17

Há quem avalie que a sociedade impõe um modelo de pessoas e profissionais com padrões cada vez mais elevados em termos de competitividade, conhecimento, aparência, comunicação etc.

Esses novos padrões de estética e comportamento podem até não parecerem justos, mas é fato que são cada vez mais fortalecidos como uma conduta esperada. O resultado? A aderência - ou não - a essas sutilezas comportamentais pode determinar a diferença entre o sucesso ou o fracasso, tanto no campo pessoal como no âmbito profissional.

Então, da mesma forma que – para as corporações – há uma estratégia de marketing que deve ser observada, as pessoas, principalmente as que já atuam no mercado de trabalho, há regras comportamento que são igualmente aplicáveis.

Não basta, contudo, seguir à risca um “manual de instruções” durante uma parte do tempo e, quando está em sua vida privada, achar que as coisas estão desconectadas. Esse é um dos erros que frequentemente são cometidos por personalidades que esquecem que não é tão fácil assim fazer esse descolamento entre a imagem pública e a vida privada.

Você deve lembrar de uma notícia recente, na qual a influencer Gabriela Pugliesi realizou uma festa em sua casa, em pleno isolamento social, e publicou o vídeo em sua rede social menosprezando o valor da vida.

A situação passaria despercebida se essa não fosse uma personalidade que se consolidou como alguém que ganhava a vida dando dicas de saúde. O resultado? Ao que parece, a blogueira perdeu milhões em patrocínio e muito provavelmente ainda terá que enfrentar processos por danos às marcas de seus patrocinadores.

Ou seja, este episódio acima é uma aula sobre o que não deve ser feito em termos de marketing pessoal e profissional. O fato é que atualmente a Gestão de Marcas e Produtos está 100% atenta ao comportamento do consumidor, avaliando como cada grupo de consumidores reage a determinadas ações de suas marcas.

As empresas até criaram departamentos voltados à análise do comportamento do consumidor e marketing de relacionamento, visando um alinhamento de suas marcas com as principais tendências de mercado e consumo.

Da mesma forma que as organizações estão preocupadas não só com a experiên- cia profissional, mas com todo o conjunto: postura, comunicação, apresentação, esses devem ser valores caros aos profissionais também.

Foi a partir desse conjunto de exigências que alguns profissionais começaram a estudar as personalidades de pessoas altamente capacitadas para prática profissional, mas sem a mínima capacidade de interagir com os seus pares.

Nascia então o estudo de outras inteligências, como a inteligência emocional e intuitiva, por exemplo. Essas outras (novas) abordagens permitem o desenvolvimento de outros tipos de experiências e trazem novas perspectivas de evolução humana.

O Marketing Pessoal e Profissional podem ser ferramentas estratégicas para atrair e ampliar contatos e relacionamentos, tanto pessoais quanto profissionais. É também uma estratégia para dar visibilidade às habilidades e competências relevantes para a aceitação e conhecimento dos outros.

A seguir listamos uma série de dez habilidades que fazem parte de um excelente pacote de Marketing Pessoal e Profissional:

01.: Boa comunicação verbal e escrita;

02.: Manutenção de uma rede de contatos diversificada;

03.: Vestir-se adequadamente, cuidando da higiene;

04.: Estar sempre pronto, motivado e capacitado para enfrentar mudanças;

05.: Seja honesto sempre;

06.: Ser pontual;

07.: Frequentar bons lugares, na companhia de boas pessoas;

08.: Atenção ao linguajar, pois o que se diz influencia sua carreira;

09.: Entenda e acredite na própria capacidade de realizar e superar obstáculos;

10.: Trate as pessoas de maneira gentil

 

Esperamos que essas dicas lhe sejam úteis. Se você se interessa pelo tema e deseja escrever em nosso Blog, envie um e-mail para sac@unieducar.org.br.

 

Suce$$0!

 

Juracy Soares

É professor fundador da Unieducar. É fundador e Editor Chefe da Revista Científica Semana Acadêmica.

Graduado em Direito e Contábeis; Especialista em Auditoria, Mestre em Controladoria e Doutor em Direito; Possui Certificação em Docência do Ensino Superior; É pesquisador em EaD/E-Learning; Autor do livro Enrqueça Dormindo.

 

Nota do editor: os textos, fotos, vídeos, tabelas e outros materiais iconográficos publicados no espaço “opinião” não refletem necessariamente nosso pensamento, sendo de total responsabilidade do(s) autor(es) as informações, juízos de valor e conceitos divulgados.