A Segurança Pública é um processo, ou seja, uma sequência contínua de fatos ou operações que apresentam certa unidade ou que se reproduzem com certa regularidade, que compartilha uma visão focada em componentes preventivos, repressivos, judiciais e sociais.

Trata-se de um processo sistêmico, pela necessidade da integração de um conjunto de conhecimentos e ferramentas que devem interagir na mesma visão, compromissos e objetivos. Todos os esforços devem ser otimizados, pois dependem de decisões rápidas, medidas saneadoras e resultados imediatos.

A segurança pública não pode ser tratada apenas como medidas de vigilância e repressão. O processo de segurança pública se inicia pela prevenção e finda na reparação do dano, no tratamento das causas e na reinclusão na sociedade do autor do ilícito.